Mestrado em Saúde Coletiva

Informação adicional

R$400,00

Instruções Gerais

A WCU é uma instituição de ensino superior credenciada, nos EUA, a oferecer cursos distribuídos em programas de extensão, graduação, especialização, mestrado e doutorado. Estes programas reconhecidos, globalmente, estão beneficiando estudantes de muitos países.
Com metodologia de ensino a distância, o Mestrado em Saúde Coletiva foi concebido para o desenvolvimento de competências para o ensino, pesquisa e ação executiva em organizações globais.
O mestrado tem a duração de dois anos com a carga horária de 960 horas. A equipe acadêmica do Mestrado em Saúde Coletiva é composta por professores doutores com significativa produção na área e provenientes de diversas instituições de ensino, públicas e privadas do Brasil.

Metodologia de Ensino

Durante os estudos, o aluno contará com vídeo aulas, livros digitais, biblioteca virtual, vídeo
conferências ao vivo com os doutores do programa, bem como fóruns de dúvidas e
avaliação do aprendizado. Todos os eventos do curso são a distância, na língua portuguesa,
inclusive orientações para a construção da dissertação e defesa do trabalho em banca.
O aluno ainda conta com acesso à plataforma de pesquisa Web of Science. Na Web of
Science o processo de seleção meticuloso de revistas científicas indexadas permite que o
aluno obtenha a informação mais confiável, integrada e multidisciplinar da comunidade de
pesquisa mundial para completar seu cenário geral de pesquisa. E tudo isso está
relacionado com vocabulário padrão, conteúdo vinculado e métricas de citação para várias
fontes. A Coleção Principal da Web of Science é composta por 100 anos de pesquisa valiosa,
totalmente indexada e pesquisada, com ferramentas integradas na Web of Science que o
ajudam a rastrear pesquisas e citações ao longo do tempo, e inclui: Science Citation Index
Expanded (SCIE); Social Sciences Citation Index (SSCI); e Arts & Humanities Citation Index
(AHCI)

Matriz Curricular

Apresentação

A WCU é uma instituição de ensino superior credenciada, nos EUA, a oferecer cursos distribuídos em programas de extensão, graduação, especialização, mestrado e doutorado. Estes programas reconhecidos, globalmente, estão beneficiando estudantes de muitos países.
Com metodologia de ensino a distância, o Mestrado em Saúde Coletiva foi concebido para o desenvolvimento de competências para o ensino, pesquisa e ação executiva em organizações globais.
O mestrado tem a duração de dois anos com a carga horária de 960 horas. A equipe acadêmica do Mestrado em Saúde Coletiva é composta por professores doutores com significativa produção na área e provenientes de diversas instituições de ensino, públicas e privadas do Brasil.

 

Coordenação Acadêmica

Prof. Dr. RONALDO DE SOUSA RUELA
Currículo Plataforma Lattes: http://lattes.cnpq.br/7485768691149298
MINI-CURRICULO: Possui Graduação em ODONTOLOGIA pela Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL); Especialização em Prótese Dentária pela Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL), Especialização em Disfunção Temporomandibular e dor orofacial, pelo Conselho Federal de Odontologia e Especialização em Metodologia do Ensino Superior pela Universidade Gama Filho. Mestrado em Reabilitação Oral pela Universidade de São Paulo (USP) e Doutorado pela Universidade de São Paulo (USP). Possui INDEX H2 como autor citado internacionalmente. Foi Bolsista Pós-Doutoramento Sênior do CNPq. Foi bolsista de Produtividade nível 2 do CNPq até 1014, Foi Bolsista de Fixação de Recursos Humanos Nível 1B do CNPq de 2008 a 2010, tem experiência na área de desenvolvimento de biofármacos nano estruturados no Laboratório de Biotecnologia da Universidade Potiguar e na Empresa Evidence Soluções Farmacêuticas. Mestrado pela Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto – USP. É pesquisador Colaborador nas atividades de Pesquisa e Desenvolvimento na Evidence Soluções Farmacêuticas. Tem experiência na área de Pesquisa e Desenvolvimento de Biofármacos, Ensaios Clínicos, com ênfase em Microbiologia das Doenças Periodontais, atuando principalmente nas áreas: Sistemas de liberação controlada, MICROSCOPIA DE FORÇA ATÔMICA, Biotecnologia, Biofármacos, Doença Periodontal Clínica e Experimental, Biopolímeros (Gel Dental de Nanoesferas) e na avaliação da Doença Periodontal Experimental usando Biofármacos com Nanotecnologia.

Objetivos do mestrado e perfil do profissional a ser formado

O Mestrado Profissional em Saúde Coletiva tem como objetivo principal preparar profissionais de saúde pública para a utilização da investigação científica no aprimoramento do trabalho, e competências requeridas para o melhor desempenho da profissão.
Objetiva, ainda, desenvolver habilidades na produção e transmissão de conhecimentos em Saúde Coletiva, tendo em vista os avanços das concepções didáticas e pedagógicas e das metodologias de pesquisa.
A WCU pretende formar Mestres com espírito crítico, capazes de utilizar o instrumental teórico e prático do conhecimento de Saúde Coletiva e também de mostrar soluções para problemas enfrentados pelas empresas na área de concentração do conhecimento.
4. Áreas de Concentração
a) Epidemiologia e Vigilância em Saúde
b) Políticas, Planejamento, Gestão e Práticas em Saúde
c) Saúde Pública
5. Público Alvo
Profissionais Graduados em ensino Superior na área da saúde ou portadores de diploma em outra área com comprovada experiência na área da saúde.

6. Matriz Curricular

O Mestrado em Saúde Coletiva é composto das seguintes disciplinas:Orientações e Defesa da Dissertação: O aluno terá orientação de um professor doutor durante o projeto, a pesquisa e a redação da dissertação. O aluno submeterá sua dissertação para a qualificação, sendo aprovada será agendada defesa que será on-line para uma banca de doutores.

Disciplina Carga Horária
Métodos e Técnicas de Pesquisa 240 h
Elaboração de Políticas Públicas 60 h
Educação para  Saúde Pública e Coletiva 60 h
Saúde Pública e Meio Ambiente 60 h
Epidemiologia e Vigilância em Saúde 60 h
Saúde Preventiva 60 h
Políticas de Saúde Pública 60 h
Promoção da Saúde 60 h
Gestão estratégica em Saúde 60 h
Projeto de Pesquisa 60 h
Seminário de Pesquisa 180 h
Total  960 h

Matrícula

Processo Seletivo

A seleção dos alunos é realizada seguindo critérios rigorosos de admissão, avaliados com base em análise do perfil do candidato por meio de verificação de currículo. Nosso objetivo é criar grupos com elevado potencial de desenvolvimento e formar verdadeiros líderes do futuro.
Os candidatos às vagas de mestrado serão avaliados através da análise do seu currículo profissional, carta de intenção (objetivos) em relação ao mestrado e documentação.
Segue a relação de documentos:
a) Diploma da graduação (frente e verso);
b) RG e CPF (frente e verso);
c) Comprovante de residência;
d) Currículo Profissional; e
e) Carta de Intenção:
A carta de Intenção consiste em uma dissertação explicativa que visa explanar os objetivos e metas que o candidato almeja atingir uma vez que conclua o mestrado. A análise desse documento busca entender os aspectos subjetivos das intenções pessoais e profissionais dos futuros mestres. O modelo da carta segue em anexo. O documento pode ser digitado ou preenchido a mão, mas deverá, obrigatoriamente, conter assinatura manuscrita. O arquivo deverá ser enviado em formato pdf.

Processo de Matrícula

Após a entrega dos documentos e a escolha da forma de pagamento, em até 5 dias úteis, o aluno receberá, caso aprovado, o Link Web para efetuação do pagamento da matrícula.
Após o primeiro pagamento constar em nossa plataforma, e só após esse momento, os dados login e senha para acesso serão enviados ao aluno no prazo de até 7 dias úteis.
Esses dados irão permitir que o aluno acesse o portal do aluno (Ambientação, Sala de aula, Fóruns e atividades). Nesse ambiente, estarão disponíveis o contato com a secretaria e com os professores.

Certificação

Cada país tem suas próprias regras quando se trata de convalidação de diplomas, sendo de responsabilidade do estudante esta verificação junto aos órgãos competentes.
Para o Brasil, o processo de reconhecimento de diplomas de mestrado está explicado, integralmente, no portal Carolina Bori (http://carolinabori.mec.gov.br/).
As principais normas legais que tratam do processo de reconhecimento são:
a) Resolução nº 3 do CNE de 22 de junho de 2016; e
b) Portaria Normativa no 022, MEC de 13 de dezembro de 2016.
Os diplomas de mestrado expedidos por universidades estrangeiras só poderão ser reconhecidos por universidades brasileiras (públicas ou privadas) que possuam cursos de pós-graduação reconhecidos e avaliados na mesma área de conhecimento e em nível equivalente ou superior.

A WCU possui em solo brasileiro a empresa Venkon (www.venkon-edu.com.br) como parceira para auxílio no processo de reconhecimento do título de mestrado emitidos pela WCU por universidades brasileiras. Desta forma, a Venkon disponibiliza aos seus alunos apoio institucional para o encaminhamento e acompanhamento dos processos de reconhecimento dos diplomas nas universidades brasileiras.
A Venkon compromete-se, por contrato, a devolver os recursos investidos, integralmente, pelos alunos no mestrado caso não haja sucesso no processo de reconhecimento do diploma dos alunos da WCU, por universidade brasileira, em um prazo de 18 (dezoito) meses, após a defesa da dissertação, aprovação e correspondente titulação do aluno, desde que o aluno proceda o processo de reconhecimento de seu título por universidade brasileira indicada pela Venkon e siga as orientações pertinentes, conforme a legislação brasileira.

Ementas

Ementas das Disciplinas

O conteúdo das disciplinas segue o estado da área de conhecimento, tendo como base um livro texto e demais abordagens apresentadas pelos professores, priorizando a formação do grupo e as temáticas de investigação.

Métodos e Técnicas de Pesquisa

O senso comum e a ciência. Definições de ciência. Os tipos de conhecimento. Evolução da ciência no tempo. Pesquisa. Metodologia da Pesquisa. Métodos e técnicas de pesquisa. Elaboração de artigos científicos. Metodologia do texto. Fichamento. Da ideia ao projeto de pesquisa. Estudo de caso. Relato de experiência. Estrutura do projeto. Revisão de literatura e estado da arte. Normas técnicas.

Elaboração de Políticas Públicas

Dimensões de análise das políticas públicas: atores, fases do processo, instituições e estilos. Abordagens teóricas do estudo das políticas públicas. Surgimento de um problema público. Nascimento de políticas públicas. Agenda. Formulação e escolha de alternativas de políticas. Compreensão do problema. Instrumentos das políticas públicas. Incentivos fiscais e subsídios. Modelos de previsão de receitas administradas e de receitas próprias. Despesa pública – natureza, tipos e formas de execução. Déficit público. Dívida pública. Polity, politics e policy.

Educação para a Saúde Pública e Coletiva

História da saúde pública no Brasil de 1808 até os dias atuais, sendo possível identificar os principais desafios de saúde ao longo da história de saúde pública no Brasil, relacionar sistemas de saúde que já existiram; Conceitos de saúde pública e saúde coletiva, conceituando, relacionando e identificando os distintos focos de atuação de saúde coletiva; Introdução, conceitos básicos da saúde coletiva no Brasil e no Mundo, explorando as diferenças nos conceitos entre saúde coletiva e saúde pública; órgãos reguladores da saúde no Brasil.

Saúde Pública e Meio Ambiente

Saúde e meio ambiente, identificando a importância e definir as relações existêntes entre saúde e meio ambiente; Os fatores de risco à saúde humana em relação aos poluentes ambientais caracterizando o serviço de vigilância em saúde ambiental e identificando ações e planos que tenham por finalidade minimizar os riscos ambientais à saúde humana; Saúde e ambiente relacionados à água, solo e ar descrito as principais doenças relacionadas com a poluição da água, do solo e do ar relacionando saúde com qualidade do meio ambiente; Vigilância ambiental: reconhecer e Identificar a importância da vigilância dos fatores de risco não biológicos e sua interferência na saúde humana descrevendo a importância da gestão ambiental e da sustentabilidade.

Epidemiologia e Vigilância em Saúde

Vigilância epidemiológica conceituando, identificando e sua abordagem dos sistemas epidemiológicos, do que são doenças transmissíveis e sua importância de estudos epidemiológicos para a prevenção de doenças; Importância da epidemiologia como eixo das ações de saúde e como base de informações, reconhecendo o papel da epidemiologia nas ações de saúde; Vigilância em Saúde e as esferas de atuação das vigilâncias epidemiológicas, ambiental, sanitária e da saúde do trabalhador; Vigilância sanitária, conceitos, objetivos e atuação e as demais vigilâncias em saúde; Vacinação trazendo o que há de mais atual no Brasil.

Saúde Preventiva

Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) e saúde reprodutiva na adolescência, reconhecendo conceitos de IST, identificando as ISTs mais comuns na adolescência com a descrição de medidas preventivas de IST; Conceitos de promoção da saúde, prevenção de doenças e reabilitação da saúde aplicando exemplos da utilização desses conceitos na prática assistencial de saúde, identificando as diferenças de saúde preventiva e curativa.

Políticas de Saúde Pública

Políticas Públicas de Atenção à Saúde do Trabalhador, e construir melhores estratégicas e políticas públicas e diferenciar as formas de riscos e agravos na saúde do trabalhador; Políticas Públicas de Atenção à Saúde Mental e suas peculiaridades no atendimento elencando as medidas de proteção à saúde da criança e do adolescente; Políticas Públicas de Atenção à Saúde da Mulher e Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Mulher identificando os principais protocolos de atendimento, ações de controle do câncer de colo de útero, de mama e atenção à gestação, incluindo os programas PAISM e PNAISM, e os cuidados à saúde da mulher com base nas políticas públicas, nas questões de gênero, e nos direitos sexuais e reprodutivos; Políticas Públicas de Atenção à Saúde do Idoso incluindo as equipes de atenção básica (AB) e seu escopo de ações e identificar as propostas desse nível de atenção para o cuidado em saúde; Atenção integral à saúde do adolescente com caracterizações das políticas voltadas à saúde do adolescente e diretrizes nacionais para atenção integral à saúde com descrições das ações de enfermagem voltadas à saúde integral do adolescente fundamentais nas políticas públicas; Saúde na escola descrevendo, identificando a escola como uma instituição promotora de saúde e qualidade de vida, reconhecendo o programa Saúde na Escola como uma política interseccional.

Promoção da Saúde/ Gestão Estratégicas em Saúde

Pacto pela vida em defesa do sus e pela gestão nas três esferas em que se organizam reconhecendo as áreas prioritárias no pacto pela vida e o papel dos atores envolvidos nesse processo; Níveis e setores de saúde no Brasil (primário, secundário e terciário) com diferenciações dos níveis de atenção em saúde no Brasil e os serviços que compõem cada um deles; Sistema Nacional de laboratório de Saúde Pública – SISLAB mostrando a importância dos Laboratórios Nacionais de Saúde Pública para controle e monitoramento de doenças de risco à população com a identificação das principais atribuições dos Laboratórios Centrais de Saúde Pública –LACEN- assim como suas competências segundo sua organização e seu grau de complexidade; Indicadores de Saúde coletiva identificando a validade (capacidade de medir o que se pretende) e confiabilidade (reproduzir os mesmos resultados) dos indicadores de saúde e as correlações desses indicadores de saúde com as políticas públicas, juntamente com seu conceito; Regionalização da Saúde e Decreto 7508 com a identificação dos principais objetivos da regionalização da saúde, reconhecer o Contrato Organizativo da Ação Pública de Saúde COAP e o processo de regionalização da saúde; Conceitos de promoção da saúde, prevenção de doenças e reabilitação da saúde com exemplos e utilização aplicáveis na prática assistencial de saúde, juntamente com a identificação das diferenças de saúde preventiva e curativa.

SUS (Sistema Único de Saúde)

Planejamento em Saúde e Instrumentos de Gestão do SUS com os principais objetivos do planejamento em saúde e o reconhecimento dos instrumentos de Gestão do SUS; Sistema Único de Saúde (SUS) apresentando sua estrutura com suas principais normativas, juntamente com seus princípios e diretrizes destacando os avanços e desafios do SUS; Legislação do Sistema Único de Saúde (SUS) com o descritivo da criação do SUS, com a definição dos conceitos teóricos das diretrizes e dos princípios do SUS e exemplos de situações na prática, a base teórica sobre a qual o SUS foi construído.

Projeto de Pesquisa

Desenvolvimento de um projeto de pesquisa segundo as técnicas e métodos de pesquisa em uma área de concentração do mestrado.

Seminário de Pesquisa

Desenvolvimento de uma Dissertação de Mestrado.

Investimento

vista (boleto): R$ 13.365.

​Taxa de Defesa : R$ 1.500

A vista(boleto):R$29.700

A prazo: Cartão de crédito, Cartão
recorrente ou boleto :

  • 30 x R$795,00